Que evento foi esse leitores do site BPV! A Microsoft está de parabéns, mesmo a ISO sendo vazada antes do evento de lançamento do Windows 11. O brilho do novo sistema as tecnologias e o design aprestados não deixaram a desejar, confira abaixo as principais mudanças do novo sistema que chegará no fim desse ano.

Design reformulado

Ao contrário do Windows 8 e 10 a barra de tarefas do novo sistema será centralizada, claro que isso pode ser alterado. O menu iniciar não vem com os blocos dinâmicos que conhecemos e sim com uma nova interface e ícones estáticos.

Suporte a apps da Play Store

Isso mesmo que você leu, agora a nova versão do Windows 11 terá suporte a instalação de apps que estão na loja da Google. Obviamente que o usuário do Windows irá instalar os apps direto da loja da Microsoft, como prova disso no evento a Microsoft exibiu a integração do app Tik Tok com seu novo sistema.

Executando o aplicativo TikTok Android no Windows 11

Explorador de arquivos

Infelizmente não temos um novo Windows Explorer, no entanto, a Microsoft adicionou novos recursos além dos cantos arredondados. As melhorias são modo escuro aprimorado, novos ícones, a opção de extrair arquivos direto no OneDrive, e opções de atalho coo CTRL + seta para esquerda/direita muda o nome dos arquivos, ou permite renomear o mesmo.

Explorador de arquivos

Nova loja

Uma loja totalmente reformulada também fará parte dessa nova versão. A nova loja funcionará no Windows 10 quanto no Windows 11. Ela irá facilitar ao usuários encontrar filmes, jogos, aplicativos e outros.

Loja do Windows no Windows 11

Widgets

Bem famosos no Windows Vista, os gadgets poderão ser instalados no Windows 11, o notícias e interesses você já conhece, no entanto, no futuro outros desenvolvedores poderão fornecer outras opções.

Widgets do Windows

Nova área de transferência 

Um novo painel de transferência foi anunciado junto com o novo sistema. Agora será possível inserir emojis e GIFs em aplicativos, além claro da nova função de colar textos simples que funciona da seguinte forma, você poderá copiar arquivos da internet e colar no Word por exemplo o e texto copiado não ficará desalinhado como anteriormente.

Área de transferência do Windows 11

Quando poderei baixar e instalar?

É bem provável que a versão final saia no final do ano Novembro, no entanto, uma preview deve ser lançada esses dias. Lembre-se a versão Dev vazada é outra e a Preview segue outro rumo.

Requisitos para instalar

Diferente do Windows 10 o 11 é um pouco diferente os requisitos, aqui é necessário um processador com base em x64, dois núcleos e 4GB de ram além de 64Gb de espaço em disco (note que esse é o minimo).

Fonte: BPV/Reprodução

 

Para rodar o sistema de modo fluido é necessário as seguintes configurações: 8GB de ram, 512 de espaço em disco e outros requisitos citados abaixo.

Fonte: BPV/Reprodução

 

TPM 2.0

Como você leu acima o proteção de segurança TPM 2.0 será um requisito necessário. Em resumo simples essa é uma tecnologia de segurança presente em novos computadores, basicamente ele é um chip que armazena informações que o sistema precisa nesse caso o Windows 11. É possível comprar apenas esse módulo, ou seja, esse chip, no entanto, você poderá rodar um programa que pode ser baixado no site da Microsoft através desse link para verificar se seu PC passa nos requisitos.

Como mencionamos algumas placas mãe dão suporte a essa tecnologia como por exemplo na imagem abaixo, assim basta o usuário ativa-lo em sua BIOS para que seu sistema passe nos requisitos.

Além dessas opções citadas acima você também pode verificar direto em seu PC Windows se a tecnologia TPM 2.0 é suportada pela sua placa mãe, assim basta abrir o executar do Windows e digitar sem aspas “tpm.msc“, na tela exibida você verá a mensagem dizendo “não é possível localizar um TPM compatível” isso quer dizer que se seu PC não tem essa tecnologia ativada, obviamente que primeiro você deve verificar em sua BIOS antes de rodar esse comando.

Upgrade grátis para todos!

Uma estratégia usada até agora no Windows 10 e que será repetida pela gigante agora no Windows 11, os usuários que tiverem um PC Windows 7, 8, 8.1 e 10 ativado poderá migrar de forma prática e grátis para o novo sistema e assim adquirir uma licença digital. Os mesmos métodos que funcionam no Windows 10 irão funcionar no Windows 11.

Fonte: BPV/Reprodução