A nova versão do Windows 10 20H1 acaba de chegar, e você já pode fazer a instalação. Nesse artigo vamos abordar a instalação do zero, no entanto vamos dar dicas também para quem quer fazer o update por cima de uma instalação já existente.

Windows update e site oficial 

Já possível fazer a instalação pelo Windows update, assim basta verificar, em configurações do Windows>atualização e segurança >Windows update. Depois uma janela estará disponível para baixar e instalar. O PC irá reiniciar apenas uma vez, no entanto muitos preferem fazer a instalação limpa assim como será mostrado abaixo.

Fonte: BPV/Reprodução

Você poderá baixar a atualização direto do site da Microsoft, ou criar a sua ISO a partir do Media Creators Tools. Quando você acessar o site da Microsoft você poderá baixar o Media Creation Tool, e com ele gerar uma imagem completa do sistema. Acompanhe os passos abaixo.

Fonte: BPV/Reprodução

Clicando em baixar a ferramenta agora, o download do aplicativo já leva você a versão 2004, siga os passos abaixo para criar sua .ISO ou criar o pen drive boot direto. Também é possível baixar a .ISO pronta nesse mesmo site, no entanto ela está escondida. Veja esse artigo para conseguir baixar clique aqui.

Ainda no site da Microsoft você também pode usar a ferramenta de atualização, clique no botão “baixar a ferramenta agora”. Com esse assistente você pode migrar de versões inferiores a versão 1909 do Windows 10 para versão 2004, bastando sua máquina passar nos requisitos. Esse método é diferente do Windows update, além disso se o usuário se arrepender poderá voltar para versão anterior rapidamente. os arquivos ficam intactos.

Fonte: BPV/Reprodução

Media Creation Tool

Feito o download do Media Creation Tool, clique para executar o programa. Na tela abaixo apenas clique em aceitar.

Fonte: BPV/Reprodução

Escolha criar mídia de instalação pen drive ou DVD/ISO.

Fonte: BPV/Reprodução

Selecione as opções corretamente.

Fonte: BPV/Reprodução

Na tela acima escolha o idioma, versão, e arquitetura, ou marque a caixinha de dialogo escolhendo assim x64 e x86 bits no mesmo arquivo. Por fim clique em avançar, selecione um local para salvar a ISO no seu computador, e espere o processo finalizar.

Fonte: BPV/Reprodução

Escolha um local para salvar a ISO caso decida escolher essa opção.

Fonte: BPV/Reprodução

Aguarde o processo ser finalizado, depois basta usar algum aplicativo para criar o pen drive boot.

Fonte: BPV/Reprodução

Download e boot

Aos poucos a Microsoft está liberando essa nova versão, como sempre ela virá pelo Windows update ou pelo site da Microsoft através de suas ferramentas oficiais como Media Creators Tools já mostrado acima. Já possível baixar ela pode TechBench, veja o vídeo abaixo.

Depois de baixar a .ISO do sistema operacional você poderá usar o Rufus para criar o pen drive boot para começar a instalação em seu computador. Para criação do pen drive boot usando o Rufus veja o vídeo abaixo.

Após colocar o pen drive no computador em questão, basta dar boot no mesmo, geralmente as teclas F8,F10,F11 ou F12 são usadas para o Boot rápido, assim uma tela parecida com a mostrada abaixo é exibida.

Fonte: BPV/Reprodução

Escolha o pen drive boot para entrar com a formatação “UEFI” KingstonDataTraveler, ou KingstonDataTraveler “LEGACY”. Em seguida clique em qualquer tecla para iniciar a instalação.

Fonte: BPV/Reprodução

Escolha a opção ABNT2 que é mais comum entre os teclados novos.

Fonte: BPV/Reprodução

Instalar agora.

Fonte: BPV/Reprodução

Na tela seguinte você deve escolher qual arquitetura ou versão do Windows escolher. Para saber qual versão seria melhor para sua necessidade veja essa comparação no site da Microsoft.

Fonte: BPV/Reprodução

Além disso é muito importante escolher a arquitetura em bits correta, se tiver alguma dúvida veja o vídeo abaixo.

Nessa tela você escolher “atualização: instalar o Windows e manter, configurações e aplicativos” ou “Personalizada: instalar apenas o Windows (avançado).”

Fonte: BPV/Reprodução

Atualização: instalar o Windows e manter, configurações e aplicativos, nessa opção você não perde seus arquivos o sistema cria backup dos dados, na verdade você escolhe o que vai deixar.

Personalizada: instalar apenas o Windows (avançado), essa opção é recomendada para quem já tem conhecimento avançado no assunto, e consegue fazer a formatação do zero. Em nosso exemplo vamos escolher essa opção.

Partições

O HD do nosso exemplo abaixo é de 500GB, sendo assim vamos dividir ele em duas partições, uma para Windows e programas e a outra para os arquivos como; fotos vídeos, documentos e outros.

Clique em novo, fazendo isso é mostrado uma opção onde você digita o quanto em espaço de disco a primeira partição onde vai ficar o Windows terá. Faça um calculo rápido, se o usuário não vai instalar jogos e muitos programas, 103GB é o suficiente, no entanto se ele instala muitas coisas o melhor é deixar os 500GB apenas em uma partição.

Fonte: BPV/Reprodução

Seguindo nosso exemplo vamos colocar apenas 103000GB na partição onde vai ser instalado o Windows. Então digite esse número e clique em aplicar.

Fonte: BPV/Reprodução

Várias partições vão ser criadas, selecione a partição com 400GB, clique novo, depois aplicar.

Fonte: BPV/Reprodução

Agora selecione a mesma partição e clique em formatar, confirme as telas. Por fim selecione a partição menor (100GB) e clique em avançar para o Windows ser instalado nela. Agora é só aguardar.

Fonte: BPV/Reprodução

Finalizando

O processo pode demorar. Quando ele terminar você deverá configurar alguns detalhes antes do sistema funcionar perfeitamente.

Fonte: BPV/Reprodução

As configurações, no entanto, e de fácil entendimento.

Fonte: BPV/Reprodução

Crie sua conta online ou local. Não esqueça de atenta-se as configurações de telemetria.

Fonte: BPV/Reprodução

Agora você pode desfrutar do sistema completo e sem bugs, pois com a instalação limpa as probabilidades de algo dar errado são minimizadas.

Fonte: BPV/Reprodução

Backup automático

Existem duas formas de você fazer um backup automático, a primeira é combinar um SSD com um HD comum, instale o Windows no SSD, e os arquivos pessoas você deixa no HD comum. A segunda maneira é usar o método mostrado aqui. Na tela onde criamos as partições, foi criada duas unidades, a C com 103GB para Windows e programas, e D onde ficariam os arquivos. Mais para finalizar esse processo você deve entrar no disco local C onde fica o Windows, entrar na pasta usuário, entrar dentro da pasta do seu usuário, recortar todas as pastas contidas lá, entrar no disco local D, criar uma pasta com o mesmo nome de usuário usado na C e colar os arquivos.

Fonte: BPV/Reprodução

Fazendo isso tudo que a partir de agora entrar em seu computador estará na partição D, isso significa que se você precisar formatar o computador seus arquivos ficaram intactos. Faça isso depois que terminar de instalar o Windows, assim você evitará problemas.