Você já se preocupou com o fato de pessoas não autorizadas poderem acessar os dados pessoais? Alguns são críticos em dizer que não tem nada a esconder mais esse não é o fato, e sim que sua privacidade não é algo simples que uma frase como “nada a esconder” pode ser dita como se não tivesse problema. Hoje pen drives, Hds externos e discos ainda são comuns entre as pessoas. No entanto vender esses dispositivos de depois de usados é um grande perigo.

Fonte: UK.PCmag

Recovery

Imagine que alguém compre um HD externo usado de um amigo, obviamente que HD antes de ser entregue for formatado. No entanto o comprador pode usar um programa de recuperação para escanear o HD e assim encontrar muitos arquivos que ainda estão lá. Isso pode acontecer, mesmo se o usuário fizer uma formatação lenta (chamada de profunda) as chances de recuperação ainda são altas.

Zerofill

O processo que vamos fazer agora é chamado de ZeroFill, e não pode ser desfeito assim todos os dados que ficam no disco (ou que já ficaram gravados no disco) serão removidos. Para isso vamos usar uma ferramenta chamada Lowvel que pode ser baixada nesse link. O programa é grátis e é 100% funcional e de fácil manuseio.

Download Direto

Link Direto

Sem vestígios

Agora com programa aberto selecione o disco a ser apagado, preste bastante atenção! Depois escolher o disco clique no botão Start, uma mensagem será exibida nela são listadas várias informações sobre o disco em questão, em seguida clique no botão “Erase”. E aguarde o processo finalizar.

Fonte: BPV/Reprodução

O processo

Certifique-se que o disco ou dispositivo USB não esteja sendo usado por outra ação do sistema, caso aconteça uma mensagem “Cannot look” será exibida, assim o programa não poder eficaz completamente. Feche qualquer processo que envolva o disco em questão.

Como é mostrado na imagem abaixo, um mapeamento do dispositivo é feito, assim você conseguirá acompanhar o processo de escrita. Isso mesmo que você leu, o programa Lowvel simplesmente limpa os blocos e substitui por informações nulas ou brancas. Os pontinhos pretos mostram os blocos do HD/dispositivo que já foram preenchidos, a cor ciano indica os blocos que vão ser apagados, e pôr fim a cor vermelha ou blocos vermelhos são erros físicos chamados de Bad Block.

Fonte: BPV/Reprodução

Via CMD

Alguns preferem usar comandos ou scripts para realizar tarefas como essas mencionadas acima e como dica extra vamos deixar um comando para ser usado com o Prompt de comando do Windows.

cipher / w:c

Atenção! O comando acima tem com cominho a unidade C do Windows, assim mude a letra de acordo com o disco ou unidade que esteja conectado ao seu computador. Esse processo pode demorar muito tempo de acordo com o tamanho do disco em questão. O processo é o mesmo do programa Lowvel onde o espaço daquele dispositivo será substituído por dados aleatórios, brancos ou algoritmo 0/1.

Algoritmo DOD 5220.22-M

Já ouviu falar nesse método DOD 5220.22-M? É um método de exclusão de arquivos usado pelo departamento de defesa dos EUA. Pois com esse algoritmo é possível excluir os dados (arquivos) e ao mesmo tempo subscrever o local (ou blocos onde esse arquivo estava no disco) por informações nulas ou zeros, são 3 vezes que é feita a sobescrita por isso o método é um dos mais seguros, assim quando usado é praticamente impossível recuperar os dados apagados.

Fonte: BPV/Reprodução

Adicionando no menu de contexto do Windows

É possível adicionar essa opção no menu de contexto do Windows (qualquer versão) assim basta o usuário clicar com botão direito do mouse sobre o arquivo que queira excluir que será mostrado a opção. Lembramos que essa nova opção não é a mesma da combinação de teclas SHIFT+DELETE que apenas exclui sem passar pela lixeira.

Passos, primeiro você deve baixar a ferramenta da Microsoft nesse link (aproveite para ler sobe o assunto). O arquivo baixado vai ter dois arquivos .exe o que tiver o nome “sdelete” é para versões de sistemas 32 bits. Já o “sdelete64” é para sistemas 64 bits. Extraia os arquivos para uma pasta, em seguida copie o arquivo de acordo com a arquitetura do seu sistema para a para a pasta System32 esse é o caminho (C:\Windows\System32) cole o arquivo dentro da pasta, é bem possível que você precise ter privilégios de administrador.

Fonte: BPV/Reprodução

Agora baixe o script no link abaixo. Ao extrair o arquivo note que existem três arquivos de registro. “adicionar excluir permanentemente” é para sistemas 32 bits, assim basta dar um duplo clique e clicar sim para que o botão “Excluir permanentemente” aparece no menu de contexto do seu Windows. O arquivo “adicionar excluir permanentemente64” é para sistemas Windows 64 bits, ative assim como na versão 32 bits. E por fim temos arquivo “remover excluir permanentemente” que retira o botão do menu de contexto.

Download

Script

Perigo!

Você deve ter observado que essa função exclui os dados sem deixar vestígios e para sempre. Não há espaço para erros ao usar esse método, sendo assim cuidado ao adicionar essa função no seu computador, talvez outros usuários desavisados usem o PC, e se eles excluírem dados importantes será quase impossível recuperar. Você pode avisar sobre essa nova função e dar orientações sobre o mesmo.