Já não bastasse a Microsoft nos surpreender com lançamento do Windows 11 agora no fim do ano, agora a gigante balança o mercado anunciando um novo sistema baseado em nuvem, que no primeiro instante será comercializado para pequenas empresas.

Windows Hibrido

Segundo o anuncio publicado em seu site oficial, o Windows 365 Cloud PC será uma versão hibrida do sistema. Essa versão combina o poder de segurança da nuvem com a versatilidade de poder usar o sistema em praticamente qualquer dispositivo.

Empresas e usuário final

Por momento essa nova ferramenta (se assim possamos chamar) terá como foco pequenas empresas. Essa é uma estratégia adotada pela gigante considerando o cenário atual (onde muitas empresas estão trabalhando em Home Office). Na prática reduzir os custos com máquinas, manutenção e outros é um atrativo para pequenos negócios espalhados pelo mundo.

A partir do dia 2 de agosto através do site oficial empresas poderão adquirir esse pacote completo em nuvem virtualizada do Windows 365. A aquisição inclui o sistema Windows 10 e 11 (após o lançamento do Windows 11 os usuários poderão atualizar seus dispositivos). Por momento ainda não se sabe se o sistema poderá ser comercializado para usuário final, a expectativa é que seja comercializado.

Como funciona?

Assim como já funciona com vários serviços disponibilizados pela Microsoft, a assinatura desse novo serviço será mensal e anual. O mesmo é baseado no Azure Virtual Desktop que irá oferecer o sistema virtualizado em nuvem (é como se fosse uma máquina virtual). O serviço ainda contará com Microsoft 365, Dynamics 365, Power Platform e muito mais.

O sistema virtualizado poderá ser acessado por qualquer dispositivo suportado como por exemplo sistemas Android, iOS, Windows PC (incluindo ARM) e macOS sem que seja necessário instalar nada. O usuário poderá iniciar sua sessão rapidamente e sair de forma simples, pois o mesmo poderá ser continuado de onde parou.

Recursos

O Windows 365 Cloud PC será um ambiente de computação simples e gerenciado por assinantes do Microsoft 365. Segundo aponta o vazamento (apurado pelo site WindowsLatest) o sistema rodará com várias configurações diferentes. Exemplo; uma configuração média incluiria 2 vCPUs com 4Gb de RAM e um SSD com espaço de 96GB. Assim como acontece no mundo real, o usuário poderá migrar para sistemas mais robustos com configurações superiores, exemplo de configuração otimizada, 3 vCPUs e 16GB de Ram e armazenamento de até 512 de espaço em SSD.